sábado, 6 de setembro de 2008

PREGAÇÃO

Venha ouvir as reflexões sobre o nosso chamado ao "IDE".
Com a proximidade do Congresso de Jovens 2008 é necessário conhecer um pouco dos pastores que vão participar do evento e que pretende impactar e aquecer a vida dos Jovens.


Pr. Benjamin Souza – MA


Seja discípulo e discipulador

O Pastor Benjamin de Souza, autor do livro "Luz-Câmera-Milagres," será o pregador do culto de abertura do Congresso Jovem 2008. Nesta entrevista, ele fala sobre o seu chamado ministerial, o papel da igreja nos dias atuais e sobre o desafio dos jovens em se tornarem discípulos e discipulador.

Missão Jovem - Quando o senhor sentiu o chamado para o ministério pastoral, e como foi essa experiência?
Pastor - Desde quando me converti a Jesus, senti que tinha vocação para o ministério pastoral. Na medida em que crescia na fé, Deus começou a me mostrar a Sua vontade nesse sentido. O chamado para o ministério não teve nada de espetacular, foi parte de uma caminhada normal na fé. Deus nunca me disse: “Olha, meu filho, eu te chamo para o ministério”. Mas eu simplesmente sabia, era uma convicção de fé. Em um certo dia, recebi o telefonema do presidente da convenção de pastores dizendo-me que os convencionais tinham indicado o meu nome para o ministério pastoral. Era a confirmação dos pastores sobre o chamado de Deus na minha vida para o exercício do sagrado ministério.

Missão Jovem - Qual é a sua análise sobre os dados atuais que mostram uma explosão de membros nas igrejas evangélicas?
Pastor - O crescimento das igrejas evangélicas é bem vindo. Mas temos de analisar que tipos de membros estão sendo produzidos. Há evangélicos para todos os gostos. Temos, contudo, alguns aspectos desse crescimento que não são enfocados pelos dados. Há o crescimento vegetativo, ou seja, os filhos dos evangélicos que vão ficando nas igrejas. Há os evangélicos nominais, que são as pessoas que se agregam porque gostam do ambiente, da música, do culto em si. E, também, a parte desse crescimento que é devido ao “alargamento da porta e do caminho da salvação”. E há um número considerável de evangélicos que passaram pela experiência do novo nascimento. Mas os dados não isso mostram, se baseiam apenas nos números totais. De qualquer modo, é bom que as igrejas cresçam e mostrem a sua cara. E que Deus e a sociedade julguem quem é quem.

Missão Jovem - Qual é a sua visãosobre a igreja de hoje, quais os pontos positivos e os negativos?
Pastor -
Durante muitos anos participei de congressos e encontros os mais diversos que tinham o desafio de achar os pontos negativos e positivos da igreja. Era muito fácil fazer diagnósticos. Pouco, porém, se fazia para solucioná-los. Enquanto isso, a igreja continuava crescendo. Eu acabei desistindo desses diagnósticos compulsivos. Claro que constantemente faço avaliações, mas o meu foco desde então é o mesmo de Paulo: “Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito” (Ef 5.25-27). É por isso que me esforço.

Missão Jovem - Quais têm sido os principais desafios enfrentados em sua caminhada como pregador da palavra?
Pastor - O maior e primeiro desafio sempre é vencer cada batalha espiritual. Paulo ensina que estamos numa guerra inclemente contra os principados e potestades. Uma vez vencida cada batalha espiritual, o resto se torna muito mais simples.

Missão Jovem - Em toda a sua trajetória de vida, qual foi o momento mais marcante e importante da igreja?
Pastor - Foi participar da caminhada que culminou com a adoção do Pacto de Laussane. Acho que foi o grande momento da igreja, que começou no fim do século passado, e que tem repercutido até hoje na vida igreja em todo o mundo.

Missão Jovem - O sr. acredita em missão integral como descreve o Pacto de Laussane? Quais os seus projetos sociais a frente da igreja?
Pastor -
Sim, acredito. No momento, por força de minhas atuais ocupações, não estou desenvolvendo nenhum projeto social diretamente. Mas tenho apoiado com alegria diversos projetos sociais na medida do possível.

Missão Jovem - Como o Sr. analisa a atuação evangelística da juventude passada e a atual?
Pastor -
São dois momentos diferentes, duas gerações diferentes, portanto, com desafios diferentes. Difícil comparar. No entanto, principalmente nas grandes cidades, parece que a geração de 20 anos atrás era mais atuante no evangelismo, talvez porque as condições eram mais favoráveis. Havia evangelismo nas ruas, nas feiras, nas praças, de casa em casa etc. Hoje, diferentemente, as condições mudaram e talvez a juventude atual ainda não tenha conseguido responder convenientemente aos desafios de tornar eficaz a evangelização. Mas os jovens estão aí, precisamos treiná-los e enviá-los para realizarem o que Jesus mandou fazer. O desafio é de todos.

Missão Jovem - Qual a sua opinião sobre o tema “Ide e fazer discípulos”, que será abordado no Congresso Jovem 2008?
Pastor -
É um tema sempre atual e muito importante, isto porque faz parte do DNA corporativo da Igreja de Jesus Cristo. Esta é a principal tarefa que precisamos realizar como igreja. Tudo o mais é conseqüência.

Missão Jovem - O que fazer para despertar nos jovens o desejo ser tornarem discípulos?
Pastor -
Precisamos ser discípulos e também fazer discípulos. Isso não é coisa que se produza a partir do púlpito. É algo que surge da vida normal da igreja. Um Congresso serve para despertar a nossa mente a respeito do assunto, por isso é importante. Mas o despertamento dos jovens para se tornarem discípulos acontecerá quando os mesmos forem discipulados. É a prática que terá o condão de despertar os jovens para o discipulado. Os que forem discipulados discipularão outros, e assim por diante. Isso produzirá um círculo virtuoso e fará do discipulado algo normal na vida da igreja.

Missão Jovem - Qual a sua mensagem para os Jovens que irão participar do Congresso?
Pastor
- Tome para si o desafio de ser discípulo e discipulador. Procure ser discipulado por alguém mais experiente e busque nele ajuda para crescer na fé, na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo. Procure algum novo convertido e ensine-o os primeiros passos da vida cristã, acompanhe-o, ore com o novo convertido, leia a Bíblia com ele, incentive-o, desafie-o, passe adiante as lições que já aprendeu. Não é tão fácil, mas é possível.

Faço meu o desafio do apóstolo Paulo: “E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros” (2 Tm 2.2).

Por: Fabíola Uchôa




Pr.Samuel Câmara (clique)


Jovens comprometidos com o "Ide, fazei discípulos"

O Pr. Samuel Câmara é natural de Cruzeiro do Sul (AC) e foi criado sob os ensinamentos de um lar cristão. O espírito evangelístico sempre fez parte de sua vida, fundando vários trabalhos cristãos nas escolas onde estudou. Ainda jovem, concluiu os cursos de pilotagem de avião e música. O Pastor Samuel Câmara assumiu a Presidência da Assembléia de Deus em Belém (PA), em cerimônia realizada no Templo Central, no dia 27 de janeiro de 1997, substituindo o Pastor Firmino Anunciação Gouveia. Sob seu pastorado, a igreja saltou para mais de 370 templos, uma prova do grande trabalho realizado. E nesta entrevista, ele fala sobre a suas expectativas para o congresso e o papel dos jovens na sociedade atual.

Missão Jovem - Em um tempo onde o evangelho tem sido pregado, o avivamento tem sido visto no meio da igreja, os missionários enviados para os lugares mais longícuos, porque o tema “Ide, e fazei discípulos” para essa juventude?
Pastor - Este é um tema eterno. Enquanto estiver alguém sem conhecer o amor de Deus o IDE é eficaz. Ide e fazei discípulos é o tema de Jesus!


Missão Jovem - O sr. acha que o IDE ainda não é eficaz como deveria em nossas igrejas?
Pastor - Acho. Muito ainda deve ser feito. O maior desafio não é mandar um missionário para um país, e sim, cada um de nós cumprirmos nossa tarefa como cristão no meio onde vivemos, no trabalho, escola, faculdade, vizinhança. Nós temos que sentir o prazer de fazer o Ide, orar, evangelizar, contribuir, isso tudo com amor, muito amor.


Missão Jovem - Qual deve ser a maior preocupação do jovem cristão nos dias atuais?
Pastor - Aproveitar bem esse tempo de juventude que é o melhor e passa rápido. Os jovens precisam investir no eterno, assim como investem no emocional, para acumular tesouros no céu, onde estaremos eternamente.


Missão Jovem - O que o senhor espera após a realização do congresso?
Pastor -
Espero Jovens mais comprometidos com a palavra de Deus. Com uma vida cristã genuína e atuante. Cada um assumindo responsabilidades, assim como os jovens do mundo está assumindo!


Missão Jovem - Deixe uma mensagem para os partiipantes do congresso:Pr. Samuel Câmara - Aproveite este tempo, não existe outro igual. Acredite no valor que vocês têm e na confiança que o Pai deposita em suas vidas. Pois vocês são a esperança.

Por: Alynne Sipaúba



Pr. Alexandre Guilherme - MG


Uma vida mudada por Jesus

Pr. Alexandre Guilherme mudou a sua vida quando aceitou Jesus

O Pastor da Assembléia de Deus, Alexandre Guilherme é responsável pela igreja no município de Ouro Verde, interior de Minas Gerais. Ele, graças a DEUS conseguiu reescrever a historia quando aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador.

Assim, como muito jovens, Alexandre cresceu em meio às drogas e a criminalidade, pois seu pai era um traficante de grande influência no mundo do crime. Por ser o mais velho dos cinco filhos acompanhou de perto as atitudes erradas do pai.

Após a morte de sua mãe ele foi levado para a FEBEM, onde aprendeu tudo de pior e aos onze anos já estava nos morros traficando. Mas, Deus com a sua infinita misericórdia usou um grupo de pessoas ousadas que possuíam em seus corações o desejo de fazer discípulos onde poucos tem coragem de entrar, nas cadeias.

Atualmente, o Pastor Alexandre está a 14 anos servindo a DEUS e usando seu testemunho pra alcançar vidas nas cadeias e através de ações sociais com crianças e esportistas. O projeto de ação social trata da evangelização e tratamento das crianças que possuem o HIV. Já o projeto com os esportistas é feito em parceria com o também Pastor Miller ex-jogador de grandes clubes como São Paulo e Corinthians, juntamente com outros jogadores de renome do futebol brasileiro, que se utilizam do esporte para pregar o evangelho aos atletas do futuro.

Segundo o Pastor a igreja precisa rever seu contexto e se preocupar mais em fazer discípulos do que membros. Declara que este Congresso de Jovens 2008 vêm para resgatar o compromisso dos jovens com o Ide de Jesus, assim eles farão discípulos capazes de irem onde ninguém tem coragem ir para evangelizar e salvar vidas.

Mensagem aos Jovens:

Meus queridos aproveitem a mocidade de vocês, para se colocarem como discípulos e imitar Jesus em suas atitudes. O sucesso é a vitória só vem aos que buscam através da oração a presença e intimidade com DEUS.

Por: Fabíola Uchôa

4 comentários:

Carina Cardoso disse...

A paz do Senhor!!!

Quero parabenizar pelo site!!!

E dizer que me alegro muito pela atitude dos jovens do TC principalmente da Angélica Cândido que está sempre em contato, convidando incansavelmente para os cultos, programações, mostrando que tem coração de missionária mesmo e que se importa!!

Isto é muito importante!!

Fica aqui meu registro para que todos tenham essa motivação como exemplo e colocando sempre em prática o verdadeiro IDE!

"O VERDADEIRO AMIGO NÃO É AQUELE QUE DIZ APENAS VAI EM FRENTE!, MAS O QUE DIZ VOU CONTIGO!!

Grande abraço e que Deus vos abençoe.

Carina Cardoso.

Regina Célia disse...

A paz e graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo! Sabemos
que cada um de nós devemos dar
a nossa parcela para a obra de Deus aqui na terra, tudo que aprendemos dentro de uma igreja devemos levar isso àqueles que necessitam ouvir a Palavra da Verdade, muitos estão ainda na escuridão do erro porque o inimigo das almas tem cegado a mente do povo na terra e nós cristãos devemos ser luz e sal nessa terra.Há muitos jovens perdidos e sem direção de vida devido aos pais não terem sabedoria em ensinar seus filhos o caminho a seguir pois os mesmos se encontram na escuridão também e um cego não pode guiar outro cego; pais espirituais,filhos espirituais. A bíblia diz que devemos ensinar a criança o caminho em que ele deve andar. O primeiro passo é ensinar os filhos em casa que é a escola da vida e a igreja vai complementar esse ensinamento! Os filhos são herança do Senhor,portanto, cada pai e mãe é responsável pelo seu filho até sua maioridade.Se há filhos não espirituais na terra podemos sim ser pais espirituais de muitas crianças e jovens na terra que precisam de Cristo. Basta cada um dar sua parcela porque a seara ainda é grande gente!!!

Anônimo disse...

Que eu saiba o Pastor Alexandre Guilherme é Pastor Presidente da Igreja Pentecostal Portas Abertas em BH,ele foi pastor da Assembléia de Deus... não é mais.

PGMNEWS disse...

É AMADOS TEMOS QUE ORAR PRA DEUS TRANSFORMA O PASTOR ALEXANDRE GUILHERME POIS ELE DEIXOU MILHARES DE FIEIS IRRITADO ELE JA ESTÁ FURANDO COM ALGUAMS IGREJAS INCLUSIVE QUANDO LIGAMOS PRA ELE NÃO ATENDE O CELULAR ELE TEM QUE ACEITAR A JESUS COMO SEU UNICO SALVADOR... E SE CONVERTE E VIVER O QUE PREGA E SER MAIS RESPONSAVEL
ELE NÃO HONRROU COM SEU COMPROMISSO AQUI EM PARAGOMINAS...